Fone +55 48 2132 2699

Bem Vindo(a)!

Betaína HCl – (Ácido Hidroclórico)

‣ Protege as células sob estresse


‣ Doador de grupos metil


‣ Melhora o desempenho esportivo

Descrição

Detalhes

A betaína é uma substância derivada do aminoácido glicina em que três grupos de metila são ligados ao átomo de nitrogênio da molécula de glicina.

A função fisiológica da betaína é ser um osmólito orgânico (promove a entrada de água para célula) para proteger células sob estresse e ser uma fonte doadora de grupos metil para uso em muitos processos bioquímicos (transmetilação). Além disto, a betaína também atua como um doador de metil para sintetizar creatina no músculo esquelético, estudos demonstram que essa doação parece ocorrer por meio de reações enzimáticas nas mitocôndrias hepáticas e renais, mediada pela homocisteína metiltransferase, resultando na conversão de betaína em dimetilglicina. Em consideração destes efeitos fisiológicos tem sido sugerido que a suplementação com betaína têm propriedades ergogênicas (melhorar o desempenho esportivo) apoiando a função cardiovascular ou homeostase térmica durante o exercício no calor, e/ou através do aumento da força e explosão a partir de um aumento concentração de creatina do músculo esquelético.

Outros estudos indicam que a suplementação de betaína pode diminuir as concentrações de homocisteína, e reduzir a inflamação proporcionando uma potencial redução no risco de doença cardiovascular.

Na forma de cloridrato, a betaína pode estar associada à pepsina, e dessa forma contribuir para o tratamento da hipocloridria, ou seja, auxiliar nos distúrbios digestivos, principalmente na assimilação de proteínas e também em casos de produção excessiva ou baixa de ácido clorídrico.

Informações Técnicas

Detalhes

Betaína HCl – (Ácido Hidroclórico)

  • FÓRMULA MOLECULAR: C5H11NO2.HCl
  • PESO MOLECULAR: 153,61 g/mol
  • CAS: 590-46-5
ANÁLISE ESPECIFICAÇÃO
Descrição Pó cristalino branco
Teor 98,0 - 100,5%
pH 0,8 - 1,2