Active Pharmaceutica

0

Sulfato de Hidroxicloroquina

Propriedade imunomoduladora

Tratamento e profilaxia da malária

Redução dos sintomas associados a lúpus eritematoso sistêmico e artrite reumatoide

Propriedade imunomoduladora

Tratamento e profilaxia da malária

Redução dos sintomas associados a lúpus eritematoso sistêmico e artrite reumatoide

Descrição

A hidroxicloroquina é um composto químico sintético classificado quimicamente como uma 4-aminoquinolina. Foi desenvolvida a partir de modificações estruturais na molécula de quinina, um alcaloide encontrado na casca da espécie botânica Cinchona officinalis, originária da América do Sul. Registros apontam que na civilização Inca, a quinina foi utilizada empiricamente com finalidade terapêutica por muitos séculos, principalmente devido às suas propriedades antimalárica, antitérmica, e analgésica. Durante a metade do século XX, os derivados sintéticos da quinina foram amplamente empregados durante a Segunda Guerra Mundial com finalidade profilática e terapêutica contra a malária. Neste período, foi observado que tais compostos promoviam uma melhora no quadro clínico de soldados com doenças inflamatórias crônicas. Nas décadas seguintes, diversos estudos demonstraram o potencial terapêutico da cloroquina e da hidroxicloroquina em diversas doenças. Assim, atualmente a hidroxicloroquina também é utilizada como um fármaco imunomodulador, auxiliando no tratamento de doenças inflamatórias de caráter autoimune, tais como artrite reumatóide e lúpus eritematoso sistêmico. A hidroxicloroquina também aumenta a citotoxicidade de várias quimioterapias, e seu uso como adjuvante no tratamento de diferentes tipos de câncer vem sendo investigado. Ainda, seu potencial sobre a inibição do crescimento de diferentes espécies de vírus e bactérias tem sido investigado.