Active Pharmaceutica

0

Malato de Dicreatina

Aumenta o desempenho muscular

Auxilia no tratamento da caquexia e sarcopenia

Aumenta o aporte energético

Aumenta o desempenho muscular

Auxilia no tratamento da caquexia e sarcopenia

Aumenta o aporte energético

Descrição

A creatina desempenha papel importante no metabolismo do músculo esquelético, uma vez que está envolvida com o aumento da biodisponibilidade e ressíntese de fosfocreatina, um intermediário na formação de ATP e fornecimento energético à célula muscular. Com isso, a creatina reduz a produção de ácido láctico muscular e promove a melhora do metabolismo oxidativo. Esses diferentes mecanismos atribuem à creatina potencial ergogênico (melhoram o desempenho esportivo e a recuperação após o exercício), útil não só para a melhora da performance em atividades de alta intensidade, como também em treinamentos de longa duração, assim como clinicamente, na recuperação de pacientes cardíacos, doenças neurológicas e distrofias musculares.
Evidências demonstram que os benefícios da suplementação com creatina podem ser obtidos através de diferentes formas desta molécula, como a forma da creatina ligada estruturalmente ao ácido málico (malato de dicreatina). O ácido málico é um dos intermediários do ciclo de Krebs e participa da formação de ATP. Desta forma, a suplementação com malato de dicreatina tem demonstrado uma maior biodisponibilidade, levando ao aumento do desempenho em exercícios de alta intensidade e curta duração, bem como nos exercícios de endurance, promovendo ainda um incremento na massa corporal magra.