Active Pharmaceutica

0

Ácido Tranexâmico

Atividade antifibrinolítica

Despigmentante cutâneo

Minimiza manchas e sinais de envelhecimento da pele

Atividade antifibrinolítica

Despigmentante cutâneo

Minimiza manchas e sinais de envelhecimento da pele

Descrição

O ácido tranexâmico é um análogo sintético do aminoácido lisina com atividade fibrinolítica, associada à inibição competitiva da plasmina. A plasmina, por sua vez, promove a degradação da fibrina, dificultando a formação do coágulo sanguíneo. Neste contexto, o ácido tranexâmico favorece a coagulação sanguínea, reduzindo o risco e/ou a intensidade de sangramento, auxiliando na prevenção e no controle de episódios hemorrágicos, bem como em casos de hemofilia e angioedema hereditário.
Além disso, evidências demonstram que o ácido tranexâmico pode ser utilizado como despigmentante cutâneo, visto que reduz a atividade da enzima tirosinase, essencial para a síntese de melanina. Embora a melanina apresente importante função fotoprotetora, o acúmulo excessivo deste pigmento pode acarretar em hiperpigmentação cutânea, levando ao aparecimento de manchas escuras na pele. Ainda, o ácido tranexâmico reduz a expressão do fator de crescimento endotelial vascular e de endotelina-1 (fatores intimamente associados com o desenvolvimento de hipercromias de pele). Desta forma, o tratamento por via oral ou tópica com o ácido tranexâmico auxilia no tratamento de condições de hiperpigmentação cutânea, como o melasma.