Active Pharmaceutica

0

Blog

Fitoterápicos adaptógenos: saiba como eles podem trazer benefícios para a sua saúde

Publicado em 06 de maio de 2022

Você já ouviu falar em fitoterápicos adaptógenos? Este termo tem ganhado destaque nos últimos tempos e se refere a extratos de plantas que ajudam o organismo humano a se adaptar melhor ao estresse, reduzindo seu impacto negativo à saúde. E você já parou para pensar em quantos tipos diferentes de estresse fazem parte da sua vida cotidiana?

Além do estresse mental, que pode ser bem debilitante, temos vários outros. Por exemplo, o estresse físico – como aquele gerado por exercícios de alta intensidade. Ou o químico, como a poluição ambiental das grandes cidades. Ou, ainda, o estresse biológico da exposição a micro-organismos. Quanta coisa, não é mesmo? Mas fique tranquilo, a suplementação com fitoterápicos adaptógenos pode ser uma estratégia eficaz – e natural – para deixá-lo melhor preparado para enfrentar todos esses estresses do dia a dia.

São inúmeros os agentes estressores aos quais estamos expostos diariamente. Adaptado de www.shutterstock.com, 2022.

Como o estresse afeta as nossas células?

De maneira geral, quando somos expostos a um agente estressor, as nossas células saem do seu estado de homeostase, ou seja, seu equilíbrio funcional é comprometido. Se você quiser entender um pouco melhor sobre a homeostase, clique aqui.

Isso significa que o metabolismo das células será modificado para lidar com o estresse. Por exemplo, se entramos em contato com uma bactéria patogênica (daquelas que podem causar doença), as células do sistema imunológico serão recrutadas para eliminá-la. Para isso, essas células precisam aumentar o seu metabolismo para produzir uma grande quantidade de moléculas necessárias para destruir a ameaça.

O problema é que, ao aumentar o seu metabolismo, as células acabam gerando também algumas moléculas tóxicas. Para ilustrar, poderíamos imaginar uma indústria que, ao fabricar seu produto, acaba gerando também resíduos tóxicos. No nosso organismo, quando essa “produção” aumenta muito, são gerados muitos resíduos e, no fim, se as células não conseguirem dar conta de depurá-los, elas podem acabar se intoxicando.

Um dos exemplos clássicos desse processo todo é o estresse oxidativo. Quando o metabolismo de uma célula aumenta de maneira acentuada são gerados muitos radicais livres, que acabam desestabilizando outras moléculas (como membranas lipídicas e ácidos nucleicos) e prejudicando o funcionamento celular. Ainda, se o organismo não dispuser de mecanismos compensatórios suficientes para neutralizar esses radicais livres altamente reativos (como enzimas ou moléculas antioxidantes endógenas), a célula se intoxica e pode acabar morrendo.

E o que fazem os fitoterápicos adaptógenos?

Bom, retomando esse exemplo do estresse oxidativo, os fitoterápicos adaptógenos poderiam ser extratos vegetais capazes de auxiliar na neutralização dos radicais livres. Isso acontece através de um reforço nos mecanismos compensatórios celulares. Ou seja, algumas substâncias conseguem induzir uma maior expressão de enzimas antioxidantes no nosso organismo. Além desses mecanismos compensatórios que atuam a nível celular, os adaptógenos também podem atuar de maneira sistêmica, regulando níveis hormonais, por exemplo.

Além dos efeitos celulares que comentamos acima, o estresse gera outros efeitos no organismo como um todo. E aqui a ilustração mais clássica é a elevação dos níveis séricos de cortisol. Este, que inclusive é conhecido como “o hormônio do estresse”, auxilia na resposta a uma situação estressante. No entanto, se os níveis de cortisol se mantêm elevados por longos períodos, ele pode desencadear efeitos deletérios ao organismo.

Adaptógenos ajudam a reduzir os impactos do estresse. Adaptado de www.shutterstock.com, 2022.

 

Os fitoterápicos com efeitos adaptógenos são abordagens bastante interessantes no manejo do estresse. As plantas contêm misturas altamente complexas de compostos químicos que, muitas vezes, estão presentes em proporção ideal para diminuir o risco de intoxicação quando comparado à administração de uma substância isolada e concentrada. Essa combinação rica também pode trazer o sinergismo de diferentes compostos, resultando em um efeito maior, ou até mesmo em mais de um benefício. Além disso, por tratar-se de plantas, essa é uma abordagem natural. Só vale um alerta: mesmo o que é natural pode fazer mal, quando administrado de maneira inadequada. Para não errar, conte sempre com profissionais de saúde da sua confiança! 1

Mas porque é importante melhorar a resposta ao estresse?

Como comentamos, se o estresse oxidativo atingir níveis muito altos dentro das células, elas podem se intoxicar e acabar morrendo. Se olharmos de maneira mais geral para o nosso organismo, níveis altos de cortisol – e que se mantém elevados por períodos prolongados –  podem comprometer o controle da glicemia e da lipemia, reduzir a eficiência da resposta imunológica (ou imunidade), danificar a parede de vasos sanguíneos e prejudicar a capacidade de raciocínio e a formação de memórias. Dentre as várias doenças que podem ser desencadeadas, podemos citar doenças metabólicas (como a diabetes tipo 2), doenças cardiovasculares e a depressão. Além disso, um estudo finlandês demonstrou que viver sob estresse constante pode diminuir 2,8 anos de vida! 2–5

Exemplos de fitoterápicos adaptógenos. Adaptado de www.shutterstock.com, 2022.

Agora você já sabe por que é importante controlar o estresse e como os fitoterápicos adaptógenos podem ajudar. Vale ressaltar que além dessa abordagem, a prática regular de exercício físico e a meditação também podem ser grandes aliados.

 

As informações fornecidas neste blog destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para a orientação de um profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. As informações aqui apresentadas não têm o objetivo de diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença.

Prescritores e farmacêuticos que desejarem obter mais informações sobre os nossos insumos podem entrar em contato com o nosso SAC por meio do e-mail sac@activepharmaceutica.com.br ou pelo 0800 001 1313.

Será um prazer atendê-los!

Gostou do conteúdo?

https://www.activepharmaceutica.com.br/images/496095183.png

 Siga nosso Instagram e acompanhe outros assuntos: @activepharmaceutica